terça-feira, 31 de maio de 2011

Nova Missão

Recebi nova missão, por isso não estou mais no comando do desempenho da filosofia de polícia comunitáira, mas como acredito, sempre estarei presente junto àquela Base Comunitária participando de todas as formas possíveis e sempre ligada a polícia comunitária.

Três anos de muito trabalho. Um trabalho que nunca acaba, por isso o próximo comandante sempre terá muito o que fazer por aquela comunidade.

Desde quando conheci a filosofia, lá no meu primeiro ano de polícial militar, fiquei fascinada e desde aquele momento sabia que era aquilo que queria  fazer e que esta filosofia é a essência do porque a polícia militar existe - ajudar o próximo. Ela corre o risco de ser utopica se não houver interesse e envolvimento de todos os elementos necessários para seu desenvolvimento. Mas até agora todos que conheceram o que é polícia comunitária acreditam no seu conceito.
Ocorreu um erro neste gadget